Abrangendo o castelo templário e o Convento da Ordem de Cristo – cuja construção decorreu entre os séculos XII e XVII – o monumento, inscrito na lista de Património Mundial da UNESCO, integra alguns dos mais expressivos testemunhos da história da arquitetura portuguesa, como a Charola românica da igreja, o claustro de D. João III e a famosa janela manuelina da Sala do Capítulo.